Páginas

sábado, 14 de maio de 2016

Você sabe andar de bicicleta?

Bicicleta me fez aprender a descobrir novos caminhos

Bicicleta num quase fim de tarde no sitio, meus pais e minha irmã pegaram as suas bicicletas e foram ver as babonas (vaquinhas) que meu pai cuidava como se fossem animais de estimação, na verdade eram mesmo, pois se comportavam como tais e eu sem saber andar de bicicleta ia sempre na garupa de meu pai ou ficava em casa.

Bicicleta-ou-jogando-bola
Por não saber ainda andar de bicicleta, arrumava outras opções de distração, sendo uma delas com a minha amiga, companheira inseparável (Pitucha), uma cachorrinha muito esperta e não era por ser uma "menina" que não brincava de bola comigo, sim isso mesmo, ficávamos horas sem cansar jogando bola até a noite chegar ou quando minha mãe me chamava para o banho, jantar e finalmente dormir.
Bicicleta-aprendendo
Na manhã seguinte todos de café tomado, vejo meu pai com seu jornal inseparável e minha mãe ao seu lado conversando com minha irmã, deveria ser coisas de mulher pensava eu, o fato que bem ia pegar a bola para brincar com Pitucha quando minha mãe deu a ideia para que meu pai fosse me ensinar andar de bicicleta, confesso que me deu medo, mas minha mãe falou que precisava ter coragem e enfrentar o medo e lá fui eu com meu pai aprender a andar de bicicleta, horas se passaram e nada de aprender andar naquele treco (bicicleta), tombos e mais tombos que pensei em desistir, mas meu pai disse para que eu não desistisse jamais.
Bicicleta-batida

Finalmente aprendi, porém ainda não saia sozinho de bicicleta mesmo sabendo que era necessário, pois como minha mãe disse, eu tinha que enfrentar meus medos, logo lembrei também da fala de meu pai para jamais desistir, foi com esses pensamentos na cabeça e dentro de mim, fui no meu primeiro passeio de bicicleta sozinho, até que me sai relativamente bem, mas como nada é perfeito, bati com a danada da bicicleta me ralando todo.
Bicicleta-tombo-chorando
Eu não sabia se chorava ou se iria para casa logo mostrar o estrago dos arranhados com os destroços da bicicleta, escolhi o primeiro, sim pessoal abri o berreiro chorando sem parar gritando pela minha mãe que veio correndo ver o ocorrido, mas que mesmo assim eu não iria desistir de andar sozinho com a minha bicicleta, claro que depois que meu pai remontasse ela.
Bicicleta-passeio-noite
Finalmente encarando meus medos (mesmo após aquela batida), não desistindo jamais, felizmente aprendi a andar com a danada da bicicleta com mais cautela e com materiais de proteção adequado para prevenção de acidentes, hoje ando a noite (adoro) para qualquer lugar mesmo distante fazendo desse meu lazer uma terapia para meus dias.

Lição: Aprendi naqueles dias não só andar de bicicleta, mas também com a minha mãe que devemos ter coragem para enfrentar os nossos medos e com o meu pai que mesmo parecendo impossível não desistir, pois se mesmo após ter tentado eu não conseguir, alguma coisa servirá como lição.

Beijos
Contos do Guri.

13 comentários:

  1. Nossa me levou ao tempo que aprendi a andar de bike para mim foi rápido! rsrsrs
    realmente nunca devemos desistir se não conseguimos devemos pedir ajuda agora desistir jamais!
    bjúús

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que já esqueci, faz muitos anos que não pego em uma bicicleta.
    Mas nunca é tarde para aprender né, tombos fazem parte rs bjos

    ResponderExcluir
  3. Aprender a andar de bicicleta é uma aventura para qualquer criança, principalmente quando tira as rodinhas né? bem legal sua história bjo

    ResponderExcluir
  4. O bom de ser criança é que tudo sempre é uma aventura, até mesmo as coisas mais simples, e enfrentar os medos parece tudo tão grandioso rsrs
    Tu pelo jeito sempre arteiro rsrs
    Como todos, adorei teu conto Rafa!

    Bjos
    Minda ❤ 😍 👍

    ResponderExcluir
  5. Nem lembro quando aprendi andar de bicicleta, mais sei que daqui pouco tempo será meu filho que irá aprender. E com certeza ensinarei a mesma coisa que seus pais te ensinaram, a nunca desistir!!

    Bom final de semana!!

    www.aesperadomeubernardo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. oi!
    na minha infância sempre quis ter uma bicicleta, mas meus pais não podiam me dar. Ate que nos meus 10 anos ganhei de presente do meu padrinho :D
    Tinha muito medo de me machucar,mas cai e levantei enumeras vezes ate aprender a andar de bicicleta ;)
    Adoro ler seus textos, me fazem lembrar do meu passado...
    bjo

    ResponderExcluir
  7. Nossa, Rafa... lembrei de mim... qnd ganhei minha bicicleta e fui andar com meu irmão... lá pelas tantas caí e me ralei toda, meu irmão ficou apavorado e chamou meu pai p me "recolher" na rua kkk ótimas histórias e o segredo é jamais desistir. Abraços

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca aprendi a andar de bicicleta rsrs até hoje rsrs
    Eu brinco que não tive infância e agora depois dos 30 não consigo mais aprender pq o medo de cair é grande demais rsrsrs

    ResponderExcluir
  9. Oii,

    Agora fiquei pensando em como aprendi a andar de bicicleta, e não lembro acredita??? Sei andar, mas não lembro como aprendi, acho que foi com a bicicleta de algum amigo na infância.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda tenho um sinal no joelho dos ralados nos tempos em que estava aprendendo a andar de bicicleta.Essas lições da infância acabam nos seguindo para a vida inteira não é.

    ResponderExcluir
  11. Ter uma bicicleta foi meu sonho de infância e eu demorei um século pra aprender a andar. Caí muito no processo e dei muitas risadas!
    Amei o post!
    bj

    ResponderExcluir
  12. eu caí horrores até aprender a andar, kkk acho que a maioria passa por isso beijos

    ResponderExcluir
  13. Nossa rafa não lembro como comecei a andar de bicicleta.
    Mas amei a sua história.

    ResponderExcluir